#43
/
  • AS#43

  • Por Este Rio Acima

    Viajamos até à ilha imaginária de Tó Trips. Visitamos a Índia com os Elephant Stone. Paramos na Musikmesse. E subimos, literalmente, ao palco de Royal Blood, em Lisboa.

  • BOSS PW-3

    Um pedal wah que não elimina o low-end ao sinal? Onde é que se assina para ter um?

  • ELEPHANT STONE | OS SONS DE RISHIKESH

    Rishi Dhir fala-nos da fusão que os Elephant Stone fazem entre a música ocidental e o universo clássico hindustani.

  • Tom Dowd & the Language of Music

    Documentário sobre a vida e carreira de um dos mais importantes produtores da história da música. Um predestinado que potenciou o som e as canções de alguns dos maiores músicos de sempre.

  • FAUSTO | POR ESTE RIO ACIMA

    A magnífica capa em que José Brandão misturou o barroco, o surrealismo e o psicadelismo com as proezas de Fernão Mendes Pinto e a música de Fausto Bordalo Dias. A melhor capa da música portuguesa?...

  • TÓ TRIPS | A GUITARRA MAKAKA

    Tó Trips conta-nos sobre a Resonator e como uma guitarra do "delta blues" serviu de sextante para descobrir a rota para uma ilha imaginária de sons.

  • ROYAL BLOOD | A OBSESSIVIDADE DE BEN THATCHER

    Na passagem da banda por Lisboa, a Arte Sonora esteve no palco a fotografar o rig de Mike Kerr e o kit de Ben Thatcher, que nos falou ainda do seu som e das sessões de gravação do álbum de estreia.

  • SHOW OFF

    Os instrumentos mais sexy que passam nos palcos visitados pela Arte Sonora. A imponência dos Moonspell, o exotismo do Psych Fest e o paredão minimal de guitarra de Lori S., com os Acid King.

  • ZILDJIAN A

    Nas celebrações de algo como o seu 390º (!!!) aniversário, a Zildjian revisitou muitos dos seus modelos, incluindo a gama A.

  • PAISTE SIGNATURE

    Feitos para responder às dinâmicas dum conceito musical alargado – do R&B e gospel ao heavy metal.

  • MUSIKMESSE 2015

    Os 10 produtos apresentados na Musikmesse 2015 mais excitantes para a redacção da Arte Sonora.

  • Etiqueta No Estúdio II

    Uma produção raramente acontece como planeada. Entrar no estúdio sem planos e sem antecipar nada do que poderá acontecer é pedir sarilhos e ineficiência.

  • Sol Invictus

    Um dos regressos mais ansiados de sempre na música, “Sol Invictus” possui um esplendor triunfal e é o melhor álbum da banda desde “Angel Dust”.

  • Sweet Child o' Mine

    A doçura melódica de “Sweet Child o' Mine” surgiu como um acaso nas sessões de composição, com o qual Axl Rose ilustrou a sua devoção platónica a Erin Everly.

  • FICHA TÉCNICA #43

  • Últimas no site da Arte Sonora